O doce toque da maternidade!

A ideia de fotografar ao domicílio sempre foi algo que me desafiou. A dificuldade é acrescida mas os resultados são sempre diferentes de pessoa para pessoa, de casa para casa. Quando surgiu o convite da Sara para capturar este momento tão terno que a eleva pela segunda vez ao estatuto de "pré-mamã", não tive dúvidas que iria resultar muito bem. Já conhecia a casa e o primeiro filhote, o Guilherme. Rapaz de uma doçura inquestionável. A recepção foi sempre calorosa e isso ajuda imenso no trabalho que se segue pois fico sempre muito à vontade com as pessoas que irei fotografar. A Sara não queria ser massacrada com fotografias, queria apenas um pequeno registo, leve mas real. Sem pressões fui dando as minhas sugestões, tentando sempre criar alguma ligação com o Guilherme e com o papá. Gostei tanto da experiência com esta família que resolvi partilhar aqui no blog. Espero que gostem também! ♥